<$BlogRSDUrl$>

trato-me por tu


You don't even know me - use your illusion: trato_meportu@hotmail.com

sábado, janeiro 10, 2004

RASTO



Conheci-te quando incendiavas poemas nas artérias da cidade, quando caías ao chão para sentir a dor que todos pisam e quando partias com a pressa do filho pródigo.
Chegaste tarde aonde não querias, todos te perdemos o rasto. Desapareceste.
Não há dia que seja o da tua volta.

0 Comments:

Enviar um comentário


M83
Farewell, goodbye

This page is powered by Blogger. Isn't yours?