<$BlogRSDUrl$>

trato-me por tu


You don't even know me - use your illusion: trato_meportu@hotmail.com

sábado, maio 29, 2004

A ELIPSE É UMA FIGURA DE FORMA OVAL, DA FAMÍLIA GEOMÉTRICA DAS CÓNICAS, EM QUE PARA TODOS OS PONTOS É CONSTANTE A SOMA DAS SUAS DISTÂNCIAS A DOIS PONTOS FIXOS

Já lá vai algum tempo. My baby and i, uma noite, fomos a uma festa.
Apesar do local ser um museu, entrevia-se o desejo da pós-modernidade em cada intenção.
Não havia banda ou orquestra e, mesmo assim, havia música.
Corpos dispostos de perto e luzes raras.
O gin servia-se gelado, a fazer lembrar tardes algures, longe. A dispersão caminhava.
Havia música. Não-músicos alemães.
My baby and i caíamos na dança de olhos detidos. Dançávamos e dançávamos.
A música insinuava-se num ritmo incutidor.
Esquadrias e espirais projectavam ciclos posteriores de vida e repetiam sequências. It's techno, darling!
A meio, como quem diz sensivelmente, soou repentina uma cantilena de Will Oldham chamada "I see a Darkness". O ritmo continuava incutidor.
Assistimos, my baby and i, à projecção elíptica do futuro. Marvelous!



(A ouvir "I've Been to a Marvelous Party", de Noel Coward, na versão rave dos Divine Comedy, e a ver "Mulholland Drive", de David Lynch, thinking about my baby.)

0 Comments:

Enviar um comentário


M83
Farewell, goodbye

This page is powered by Blogger. Isn't yours?