<$BlogRSDUrl$>

trato-me por tu


You don't even know me - use your illusion: trato_meportu@hotmail.com

sexta-feira, junho 18, 2004

COMPOSIÇÃO

O dia de hoje estendeu a sua claridade para lá das nove e meia da noite. Antes de definharem no céu os últimos instantes dessa luz, demolhei os pés na água morna do Douro, ali no porto do Pinhão. Podia ficar lá por todo o tempo, acariciado por toda a natureza que esbanja o seu esplendor.
A vista perdia-se na profundidade de um verde que começa a despontar de baixo ao cimo de cada encosta. A promessa, a doce promessa de outra estação a vagar no sinuoso.
Mais tarde, agraciámo-nos junto a uma nespereira e esperámos.
O rio continua, continua lá em baixo, entre os mortórios (zonas da vinha atacadas fatalmente pela doença) e as promessas verdes das vinhas.
O dia de hoje.

Comments:
Linda foto, Hugo. Lindo texto. Ele, eu sei que é seu. E a foto: também é sua? Beijos. Ana (vala oito)
 
É linda, não é? Mas a foto não é minha, não.
Beijo,
Hugo
 
Olá Hugo... quando puderes gostava que fosses ler um texto ao http://oparolo.blogs.sapo.pt
Um abraço
 
Enviar um comentário

3 Comments:

Linda foto, Hugo. Lindo texto. Ele, eu sei que é seu. E a foto: também é sua? Beijos. Ana (vala oito)

By Anonymous Anónimo, at 3:27 da manhã  

É linda, não é? Mas a foto não é minha, não.
Beijo,
Hugo

By Anonymous Anónimo, at 2:13 da tarde  

Olá Hugo... quando puderes gostava que fosses ler um texto ao http://oparolo.blogs.sapo.pt
Um abraço

By Anonymous Anónimo, at 3:43 da tarde  

Enviar um comentário


M83
Farewell, goodbye

This page is powered by Blogger. Isn't yours?