<$BlogRSDUrl$>

trato-me por tu


You don't even know me - use your illusion: trato_meportu@hotmail.com

domingo, novembro 20, 2005

NO WORDS COULD EXPLAIN

"The Greatest"

Once I wanted to be the greatest
No wind or waterfall could stop me
And then came the rush of the flood
The stars at night turned you to dust

Melt me down
To big black armour
Leave no trace
Of grace
Just in your honor
Oh, worn me down
That corporate slob
Make a watch
For a space in town
For the lack of the drugs
My faith had been sleeping
Oh, worn me down
In the end
Secure the grounds
For the later parade

Once I wanted to be the greatest
Two faced, sad little rock
When things I couldn't explain
Any feelings
Oh worn me down
In the end
Secure the grounds
For the lack of the drugs
My faith had been sleeping
For the later parade

Once I wanted to be the greatest
No wind or water fall could stop me
And then came the rush of the flood
The stars at night turned you to dust


Comments:
Descoberta fantástica ! Magnífico tema. Há uma melancolia misturada com revolta que é (sempre foi) o bater do coração da IF. Impressionante o facto desta música me chegar assim do outro lado do mundo. Deixa-a ficar aqui. Por muito tempo.
 
Vai ficar, Francisco, vai ficar...
A mistura que refere faz-me lembrar a "close watch" do John Cale.
De qualquer modo, a Chan Marshall surpreendeu-me. É uma beleza quase insuportável, de tão viciante.
E vai ficar.
 
LINDO FABULOSO
 
bem...depois dos destroyer...Já tive esta música a tocar no meu blogue - está a tocar agora noutro (em fase experimental) - e a foto da Chan também já esteve por lá. Parabéns pelo bom gosto musical.
 
Enviar um comentário

4 Comments:

Descoberta fantástica ! Magnífico tema. Há uma melancolia misturada com revolta que é (sempre foi) o bater do coração da IF. Impressionante o facto desta música me chegar assim do outro lado do mundo. Deixa-a ficar aqui. Por muito tempo.

By Blogger Francisco, at 12:34 da manhã  

Vai ficar, Francisco, vai ficar...
A mistura que refere faz-me lembrar a "close watch" do John Cale.
De qualquer modo, a Chan Marshall surpreendeu-me. É uma beleza quase insuportável, de tão viciante.
E vai ficar.

By Blogger Hugo, at 6:27 da manhã  

LINDO FABULOSO

By Anonymous Anabela, at 11:26 da manhã  

bem...depois dos destroyer...Já tive esta música a tocar no meu blogue - está a tocar agora noutro (em fase experimental) - e a foto da Chan também já esteve por lá. Parabéns pelo bom gosto musical.

By Blogger carlos paulo, at 6:34 da tarde  

Enviar um comentário


M83
Farewell, goodbye

This page is powered by Blogger. Isn't yours?